+55 11 3758.5870 - 55 11 9.9961.8727

Artigos

Ideias de ingredientes: proteção contra a poluição

compartilhar facebook Twitter
A maioria dos consumidores já sabem que devem se proteger contra a radiação UV para prevenir o envelhecimento precoce e câncer de pele, mas uma nova ameaça ambiental ganhou uma posição de destaque em Skin Care: a poluição. Novos lançamentos de Skin Care refletem diferentes condições ambientais e exigências dos consumidores em todo o mundo. A Ásia, especialmente a China, está liderando a tendência de proteção à poluição, apesar de uma movimentação mais forte já estar em ascensão nas áreas urbanas da Índia. Em alguns lugares, o monitoramento através de sites de tempo real e aplicativos medem a poluição para alertar as pessoas sobre os seus perigos potenciais. Isto se tornou a nova previsão de tempo.
 
A conscientização da poluição do ar tem crescido mesmo na Europa Ocidental e na América do Norte, onde a ameaça é menos grave. Nos Estados Unidos, a poluição é considerada pior na Costa Oeste, invariavelmente, devido ao clima mais quente. Prevê-se que a proteção contra a poluição terá impacto sobre a área de Skin Care, tanto quanto a conscientização do UV tem. No entanto, levou cerca de 30 anos para a maioria dos consumidores ganharem a consciência dos potenciais danos causados ​​pelos raios UV.
 
PESQUISA SOBRE POLUIÇÃO
 
A “antipoluição” ou “reparação dos danos da poluição” será um dos principais motores do mercado de Skin Care em 2016 uma vez que os consumidores se concentram em sua saúde. A pele do rosto exposta à poluição – sufocada por gases tóxicos, fumaça industrial, tabaco, ar condicionado e ozônio - parece aborrecida, debilitada, desidratada e prematuramente envelhecida ou sensibilizada. A exposição a poluentes provoca a geração de estresse oxidativo e, assim, danos proteicos e em ADN, e peroxidação lipídica. Ingredientes antipoluição terão como alvo tanto os efeitos negativos externos da poluição na pele, bem como a de energizar e estimular a pele a partir do interior.
 
A indústria está buscando uma compreensão mais profunda da poluição e seus efeitos sobre a pele. Novos estudos divulgados no Congresso Mundial de Dermatologia (CMB) mostraram como a poluição pode acelerar os sinais visíveis de envelhecimento, especialmente para as pessoas com pele sensível. La Roche-Posay, conhecida pela sua investigação relacionada com pele sensível, compartilhou informações convincentes sobre poluição e saúde da pele. A empresa destacou dois estudos, na Alemanha e na China, mostrando um aumento de manchas pigmentadas na bochecha devido a partículas de fuligem e de escapamentos.
 
Ao longo de um período de cinco anos, o ozônio foi fortemente ligado à formação de rugas devido ao esgotamento de antioxidantes e colágeno. Sobre o tema, a empresa descobriu que 12% das 1.600 cidades em 91 países dos relatórios seguiam as diretrizes de poluição do ar da Organização Mundial da Saúde, o que significa que os restantes 88% têm problemas de qualidade do ar. Em resposta, a empresa desenvolveu produtos de limpeza, que removem 95% das partículas de poluição da pele.
 
As marcas globais sempre incorporaram antioxidantes e ativos com propriedades protetoras em sua linha de produtos. Na Europa, no entanto, estes produtos não foram comercializados com declarações antipoluição, embora estas definitivamente concretizam pontos de venda na Ásia. A construção de barreira, ativos antioxidantes e anti-inflamatórios que combatem os sinais de envelhecimento, enquanto protegem e ajudam a reparar danos causados ​​pela poluição, são procurados.
 
PLANTAS ANTIPOLUIÇÃO
 
Uma nova pesquisa foi inspirada por plantas e sua capacidade de adaptação às condições ambientais.
 
Alcachofra - Procter & Gamble se uniu aos britânicos Royal Botanic Gardens em Kew, Londres, para identificar soluções de ingredientes naturais para antipoluição. Extratos de alcachofra e fungos da neve, comumente usada na medicina tradicional chinesa, foram escolhidos pela hidratação e propriedades antipoluição. Em particular, a alcachofra (Cynara scolymnus, G variedade) é conhecida por inibir a inflamação e envelhecimento prematuro causado pela poluição.
 
Succory Dock-Cress - Esta planta anual floresce de junho a setembro na França. Ela tem sido usada para curar escaras e acalmar a irritação causada por amamentar, daí o seu nome comum de labresto. Este ingrediente tem mostrado benefícios anti-inflamatórios e antirradicais livres. Ela fortalece as defesas da pele contra os efeitos nocivos das agressões ambientais.
 
Chá branco - Esta planta rara e cara é cultivada nas montanhas Fujian, na China. Ao contrário de outros chás, o chá branco não passa por fermentação; é apenas seca. É rico em flavonóides antioxidantes e neutraliza-se a 80% dos radicais livres, protegendo as membranas celulares e ajudando a pele a defender-se da poluição e outras agressões ambientais.
 
Moringa - Esta árvore é conhecida na Índia como a "árvore dos milagres" e na África como a "árvore que nunca morre". O extrato de peptídeo a partir de sementes de moringa é usado para incentivar a eliminação de partículas de poluição.
 
COMPLEXOS ANTIPOLUIÇÃO
 
Os fabricantes de ingredientes também estão respondendo à nova demanda antipoluição com novos complexos ativos.
 
Lipídios e ceramidas – A Evonik lançou o seu conceito de "Elements of Care" em 2016 para oferecer soluções para estressores externos com base nos princípios acima mencionados. O protótipo de limpeza da empresa foi desenvolvido para remover as partículas de poluição abaixo de 2,5µm, que acredita-se que acelerem o envelhecimento da pele. A empresa utilizou SK-Influx Va, concentrado de lípidos da pele-idênticos, para fortalecer a função da barreira protetora da pele. Foi também incorporado o Skinmimicsb, uma mistura de ceramidas da pele de cadeia longa-idênticas e ceramidas de cadeia curta, para reabastecer a própria barreira protetora da pele e prevenir a perda de umidade provocada pelas variações de temperatura.
 
Polímero com quelação – Outra complexo antipoluição combina um polímero, um agente quelante e um antioxidante. Pollushieldc oferece dois efeitos complementares: a ligação de metais tóxicos por um polímero com propriedades quelantes para impedir a sua interação com a pele e ação antioxidante forte por um potente captador de radicais livres para prevenir o dano oxidativo da pele. Portanto, tanto evita a acumulação de partículas de poluição na epiderme quanto reabastece a pele com antioxidantes, aumentando a sua capacidade para resistir a danos causados ​​por metais pesados, partículas em suspensão etc.
 
A eficácia desta substância foi testada e comprovada in vitro e in vivo. Em queratinócitos in vitro, as células tratadas com o ingrediente tiveram maior viabilidade na presença de pó urbano, indicando o seu efeito protetor. In vivo, o ingrediente melhorou a capacidade antioxidante da pele contra danos e diminuiu a presença de peróxidos de lípidos.
 
O FUTURO
 
A demanda por produtos antipoluição continua a crescer, com novos ingredientes antipoluição sendo lançados com frequência. Muitos destes ingredientes têm encontrado uma boa aceitação nos lançamentos de novos produtos, mas alguns ainda têm de ser incorporados. Como o número de pessoas que vivem em áreas urbanizadas aumenta, o mesmo acontece com o desejo de se proteger contra os efeitos nocivos da poluição da pele.
 
Fonte: SkinInc

He went on to produce his own watches a few years later, and replica watches the Rolex name came about in 1908. In about 1920 he moved to Bienne, Switzerland to open Montres Rolex S.A., which is when everything really begun. Just six years later the brand's hallmark product family would be released. One thing is notably absent from the 1926 Rolex Oyster replica watches. The trademark crown logo is missing. Rolex didn't come up with the crown logo until the early 1930s, but you can see that on one of the pieces the Rolex name was presented in the same font and style that it is in today. You'll also notice the replica watches uk fluted bezel, which is also a hallmark of Rolex design on today's Datejust and Day-Date models (among others) This was part of replica watches the patented water-resistance system employed in the Rolex Oyster. Hermetically sealed, the Rolex Oyster was innovative not just for being able to be taken into the water, but for resisting a range of replica watches sale liquids and particles such as dust from entering the case.